sexta-feira, 19 de janeiro de 2018

É hora do mata na Copa Rosana de Veteranos

I LOVE LAJE NO FOMENTO A CULTURA DA PERIFERIA

A Copa Rosana de Veteranos-35 chega ao termino da 1ª fase. A competição começou com 10 times participantes e foi dividida em dois grupos.

Oito equipes se classificaram às quartas de finais e seguem avante em busca do título.Dentre eles, o Jd Jeriva é o campeão desta fase. 

 No domingo, 14, aconteceram os dois últimos jogos. Confira na narração do Repórter Favela.

COLORADO 1 X 1 SIMÃO JD ELEDY

O jogo se inicia às 7:30 hs da madrugada, e começa quente, pois logo aos 6 m, Ygor gira e bate o goleiro Edgar, pegando em dois tempos.

E aos 12 m, o artilheiro e um lutador em campo, Ygor, de cabeça, faz um belo gol.

Aos 16 m, Carlinhos perde um gol, cara a cara, com Edgar, chutando por cima.

Aí veio o castigo. Aos 26 m, o guerreiro do Simão, Preto deu uma arrancada e tocou na medida para Kiko empatar a partida.

O mesmo Preto fez um belo gol, só que o árbitro Zé Roberto marcou uma falta, antes da chegada da bola...

No 2º tempo, ele, o lutador, o raçudo Ygor, sofre uma falta perto da grande área, ai vem o zagueiro centroavante Ted bater. Era melhor ter ficado na zaga, bateu por cima.

O jogo é bom, mas aí vem aquele lance em que o árbitro dá tiro de meta. Só que o bandeira marcou escanteio e começa aquela feira do diz-que-me-diz... 

Resolvido é tiro de meta. As equipes voltaram de férias dispostas a jogar bola. O jogo esquenta e Preto chuta, Augustinho rebate, a bola sobra para Kiko que encheu o pé por cima do gol.

O grande destaque do lado do Simão foi o guerreiro Preto e do Colorado o lutador Ygor. Termina assim em 1 x 1 esse jogo muito movimentado.

O Simão classificou em 3º lugar, pegando o Vazame na próxima fase. O Colorado também em 3º lugar pega o Aliados Fortes.

REPÓRTER FAVELA TÁ NA ÁREA

CONFIRA O REPLAY:


JD JERIVA 2 X 1 SÃO LOURENÇO

O time do Jd Jerivá teve a melhor campanha na 1ª fase, com 11 pontos, e a melhor defesa com apenas com 3 gols sofridos, apresentando o melhor saldo de gols até o momento.

Destaque para o zagueiro Pernambuco, líder do time em busca do caneco maior...

Já o time de São Lourenço, do Horto do Ypê, tem o melhor ataque da competição da 1ª fase com 10 gols.

O que eu vi foi o time do Jerivá  desfalcado. O goleiro Jeremias foi para a zaga no  lugar de Leandro que chegou atrasado e ele mostrou que sabe jogar na linha.

Começa o jogo. E o time do Morro do Piolho, Jd Jerivá, nem reservas tinha. E sofre uma pressão do adversário, no início do jogo... 

...mas faltou pontaria ao São Lourenço, com chances desperdiçadas por Rafael e João.

Desfalcado, o time do Jerivá jogou tratando de se defender... 

Desgastado, Marcio Maradona pediu pra sair e disse que o time acabara de chegar de viagem da Europa... por isso o cansaço e os desfalques... é o sarro domingueiro...

Mas, aos poucos, o time reagiu e então o jogo fica de igual pra igual. 

O Jerivá começa a ter mais posse de bola, e numa tabela, a bola chega ao zagueiro Duda que deu o corte para esquerda e com um tapa de direita matou o goleiro. Golaço comemorado nos braços da galera: 1 a 0.

O melhor ataque da competição, o São Lourenço, não ia deixar quieto, e foi pra cima do Jerivá...

Em uma bela tabelinha na linha de fundo, Rafael aproveita e completa à rede: 1 a 1.

O São Lourenço sofreu uma baixa. O volante André foi expulso, deixando o time no preju...

...ao contrário, o time do Jeriva ganhou uma opção de banco e entrou fortalecido pra encarar a 2º etapa.

O Jerivá se acerta com Everton no gol, Pernambuco e Leandro na zaga. Diozinho e Bomba nas laterais, Renato e Guga, volantes, Tucha e Tuta nas meias, Duda,Vagner e Valter no ataque.

Com a corda toda, o Jerivá dominou e chegou ao gol da vitória com Vagner, recém chegado ao time, que com categoria tirou do goleiro e marcou um lindo gol.

Líder geral na fase de grupos e único invicto, Marcio, presidente da equipe, técnico e jogador, que faz de tudo pelo time do coração, disse que o Jerivá ainda não está 100%... que vai melhorar...

Um time que tem um quarteto formado po TUTA , TUCHA, GUGA e DUDA, isso sem contar o GULA, é de arrasar...

O time do São Lourenço classificou-se em 4º lugar. Pega o Barueri que foi 1º lugar em seu grupo. 

O time do Jd Jerivá, 1º de seu grupo pega Nova Era que vem crescendo na competição.

Quero aqui agradecer a todos pela colaboração, e em especial à Família Simão e Colorado, Jerivá e São Lourenço.

Abraços!

REPÓRTER FAVELA TÁ NA ÁREA

CONFIRA O REPLAY


4ª DE FINAIS, DOMINGO, 28.

Não temos ainda os horários dos jogos.

BARUERI X SÃO LOURENÇO
ALIADOS FORTES X COLORADO
JD JERIVA X NOVA ERA
VAZAME X SIMÃO


DESTAQUES DA RODADA

O atuante trio de arbitragem da Copa Rosana de Veteranos...

Do Colorado, Gabriel 5.7

100% Eledy
Gabriel é Simão desde pequeninho...

A turma do Colorado curtindo o 3º tempo...

º
Sempre bem-vindas ao CDC Jd Rosana, famíliaaaaa.....

Reportagem, fotos e vídeos: Repórter Favela
Edição final: Alai Diniz e Marco Pezão

DO CAMPO LIMPO AO SINTÉTICO

POESIA SEM MISÉRIA


A VÁRZEA É ARTE

A VÁRZEA É VIDA

PARTICIPE!

Esse projeto foi contemplado pela 1ª edição do Programa de Fomento à Cultura da Periferia da cidade de São Paulo

quarta-feira, 10 de janeiro de 2018

quinta-feira, 28 de dezembro de 2017

I Love Love Love Laje, quem gosta de poesia age!

I LOVE LAJE NO FOMENTO À CULTURA DA PERIFERIA

Concluindo os trabalhos de um ano do Edital Fomento À Cultura da Periferia, 1ª edição/2016...

No qual fomos contemplados com o projeto Do Campo Limpo ao Sintético: Poesia Sem Miséria...

Essa imagem do Espaço de Convivência Cultural Love Laje ampliado e concluído não conta o perreio que foi para tê-lo agora recheado do mais importante ingrediente: o calor humano. 

Um primeiro objetivo alcançado e que reforça o argumento inicial:

- Quem joga bola quer campo. Quem faz arte precisa de palco.

O custo benefício da obra vale a pena. Do espaço já se ocupou a FELIZ - Feira Literária da Periferia...

...Escola de Notícias, Grupo de Dança Paula Paz, Grupo de Design da Franciele, Grupo da Bike... 

E, claro, os saraus. O Sarau A Plenos Pulmões, em sua nova sede, completando seis anos de existência, segue firme no propósito de incentivar a literatura, a leitura, a poesia escrita e falada.

Pra nosso contentamento uma galera de mais de trinta pessoas assinou a lista de presença do derradeiro encontro do ano no I Love Laje realizado em 15dez17.  

João Verbo, poeta e compositor, chegou pra somar conosco na caminhada...

Onipresente, Geraldo Magela é parceiro difusor da nossa cultura popular

Tati Candeia e Geraldo Magela cantam arte toda vez que se apresentam...

E transformam o ritmo em convite pra dançar...

O poeta Djalma Pereira declamou versos do novo livro Três Poetas Na Estrada, escrito em parceria com a companheira Zilda Paiva e o amigo poeta Portel Prado...

Conosco em amizade que se renova. A poeta Zanir de Oliveira...

Em foco, a presença acolhedora de Marco Pezão e ao fundo... 

 ...o Oliveira marcando com seu estilo de quem insiste em explicar que não faz poemas... 

Fazer versos é sério brinquedo nas palavras da simplesmente grandiosa Zá Lacerda...

A dramaticidade de Maria do Socorro estreando no Sarau...

As irmãs Eduarda, Gabriela e Joyce colhendo os primeiros frutos da poesia... 

Em destaque, a Eduarda que também é estreante no I Love Laje...

Otília Pires canta e dá boas vindas aos participantes...

O poeta Binho é água, receita que nos hidrata todos os dias...

Jeferson dos Santos, o Tubarão, chega pra agitar a lagoa...

Portel Prado, poeta, fortalecendo a nossa companhia...

Carina com uma crônica de sua lavra dá o ar da sua graça...

Ar que é dramático na tarimba desse performer de longa trajetória que sabe trazer pra si a atenção do receptor, eita Mavort Sic... 

Binho, ao fundo descontraído. observa. O mestre Geraldo Magela, cantador do coco mineiro, mora no peito da nossa quebrada... 

E com um amigo,  Fran, a autora do cartaz desse sarau, acompanha de perto a nova fase do I  Love Laje contribuindo agora o dinamismo...

Divagando sobre o modo como os equatorianos curtem o ritual laico de passagem de um ano velho ao novo, com seus bonecos a serem queimados à meia-noite do dia 31 de dezembro, Alai chama a querida Tati...

E ela sabe como se apoderar da cena na escolha de um repertório
que brilha na luz dessa voz...

Assim segue o compasso no declamo de Zilda Paiva... 

Vizinhos durante uma época na rua do Colégio Kennedy, Lésia e Binho se reencontram no encontro...

Poesia é arte de quem não tem idade. Recém chegada aos saraus, a amiga Lésia confirma a frase... 

O performático Marcos Miranda alçando legítimos e artísticos voos na crônica de João Antonio...

Isabel, a Bel, deslumbrando novos horizontes...

A poeta Pilar canta Mina da Periferia, e me deixou deixou surpreso com sua capacidade criadora... lindo.

Richard, o Repórter Favela, se incorporou ao nosso time através do blog Futbolando, noticiando, semanalmente, o rola bola varzeano...

Foram 160 matérias produzidas durante o ano.

Marquinho e Binho na cozinha...

Dois em abraço de só um...

Bel e Carina saboreiam o macarrone, prato da casa...

Sorriso em asas, Carina nossa companheira na atual busca...

Flores e dores colhem-se porque inexiste uma sem a outra...

O esforço requer prontidão, balanceio, juventude...

O Projeto Do Campo Limpo ao Sintético: Poesia Sem Miséria tem continuidade nesse 2018 quando teremos a conclusão dos três segmentos propostos...

Documentário e Livro contando a história do Campo Limpo através do futebol varzeano e dos Centros Desportivos Comunitários...

Ainda, o Teatro, com a montagem da peça É Dinheiro quer?  

Essa é ambição projetada e a ser cumprida.

Eduarda, Joyce e Gabriela, na Livraria Poesia Futebol Clube. a livraria da oralidade.

Todo dia microfone aberto.

Venha saborear uma conversa....


Reportagem: Marco Pezão e Alai Diniz

Em 2018 não se desespere e nem demais espere
Corra atrás do sonho!

DO CAMPO LIMPO AO SINTÉTICO

POESIA SEM MISÉRIA

A VÁRZEA É ARTE

A VÁRZEA É VIDA

PARTICIPE!

Esse projeto foi contemplado pela 1ª edição do Programa de Fomento à Cultura da Periferia da cidade de São Paulo