quarta-feira, 7 de junho de 2017

No CDC SAPY, Festival de Handebol é calor humano!

I LOVE LAJE NO FOMENTO À CULTURA DA PERIFERIA

O 1º Festival de Handebol do EC SAPY não bateu na trave. Foi, de fato, um sucesso!

Como não poderia deixar de ser, time feminino tem lá suas peculiaridades...

Nem sempre entra num jogo só pra ganhar uma taça ou troféu... 

Não é que se negue aqui o desejo de vencer...

Em qualquer peleja tá embutido o afã de se sair vitorioso...

...mas esse quadrangular foi bem além da bola na rede... 

O primeiro jogo teve a vitória do Handebol Lazer de Interlagos pela contagem 16 a 13 frente ao EC SAPY B...

Vencido o compromisso, o Lazer descansou e esperou o adversário para decidir quem ficaria com o troféu...

Em quadra elas são mais elas...

É o handebol do EC SAPY, que teve como campeã do Festival o seu quadro A.

O símbolo da conquista ficou ali mesmo no Sapy...  

Agora o jogo renderia muito mais, indo além dessa foto das vencedoras com alguns de seus filhos ...

Seja nesse sorriso franco de Desirée, direto pra câmera do I Love Laje...

Seja na disputa da bola onde Andreia arrisca o salto pro arremate ao gol...

Certamente chama atenção a garra de Andreia, dividida entre quatro gols marcados na quadra...

E os cuidados com Igor, de dois anos, ou amamentando Milena, nos intervalos...

E quanta paixão pelo handebol! 

Esse jogo coletivo criado por um professor alemão em 1919, que, em 1934, entra oficialmente para os Jogos Olímpicos...

É entusiasmante... após troca de passes o salto, o voo pra arremessar...

A goleira quis pegar a danadinha, mas não teve jeito: rede.

O handebol é jogado em 183 países...

E aqui na quebrada do Campo Limpo faz sua história no CDC do Parque Ipê (Sapy) desde 1978...

Abrindo espaço pra parceria com o coletivo Abraço pela vida, que através do Festival de Handebol...

...recebeu doações em alimentos e roupas que serão destinadas às instituições como a do Pq Santo Antônio que cuida de crianças com câncer...bem como a que atende a aidéticos.

Tão importante quanto a energia do jogo é a energia da solidariedade...

E ela voa como a bola em direção ao gol...

...só que, coletivamente, vai além dela, auxiliando quem está num jogo muito mais duro pra sobreviver!

Valeu, meninas, mães, e guerreiras pela vida afora!

NÃO SE OMITA,

OPINE

LIBERTE-SE!

CONFIRA AS ENTREVISTAS


Reportagem e texto: Alai Diniz e Marco Pezão 

Fotos e edição de vídeo: Marco Pezão

A Diana Araujo Pereira, gratidão pelo auxílio com o audiovisual.


DO CAMPO LIMPO AO SINTÉTICO

POESIA SEM MISÉRIA

A VÁRZEA É ARTE

A VÁRZEA É VIDA

PARTICIPE!


Esse projeto foi contemplado pela 1ª edição do Programa de Fomento à Cultura da Periferia da cidade de São Paulo